CdeF

Dia da toalha

Mochileiro das galaxia, minha copia de 1999

Dia 25 de maio é o #Diadatoalha, e também o dia do #OrgulhoNerd, neste dia se homenageia Douglas Adams e sua obra, uma trilogia de 5 livros+1, usando o item essencial para um mochileiro intergalático, uma toalha, sim uma simples mas de infinitas utilidades toalha, não vou enumerar aqui, que  alguém vai pensar em mais uma utilidade. 

Não conece a obra seu strag? São eles O Mochileiro das galáxias, O restaurante do fim do universo, vida, universo e sabe lá o que mais,  Até mais valeu o peixe e Praticamente inofensiva plus o apócrifo E tem outra coisa... escrito pelo Eoin Colfer  que continua o universo do HHGG*

 Ia esquecendo e o orgulho nerd é nesse dia também, que corresponde a estreia de Star Treck,   Star Wars em 1977 o primeiro da trilogia antiga, então nesse dia você vai ver muita gente vestida de cosplay de SWe muitos e muitos que se intitulam nerds, só porque viram 6 filmes e não leram nenhum livro de FC. Para min nerd sempre será o cara que sabe de tudo mas não sabe nada das regras subliminares do relacionamento humano, mesmo porque ele já leu sobre isto, e sempre se ferra porque ele quer aplicar lógica a essas regras!

Por isso esse deveria ser no dia da estreia de Star Trek TOS e seu melhor representante Spock.

Antes que saiam reclamando vi todos os 6 filmes no cinema quando lançaram, e Retorno em uma reprise no cinema em uma época que se reprisava filmes na tela grande, e levei as minha meninas para assistir a versão remasterizada  em 1997.

O Mochileiro da galáxias, e para os verdadeiros Nerds, foi e sempre será um livro marcante. Meu encontro com esse maravilhoso universo foi quando trabalhei na livraria Catarinense em 1987, digo conheci porque não o li, Sim li as suas maravilhosas continuações O restaurante do fim do universo, vida, universo e sabe lá o que mais e Até mais valeu o peixe, todos editados pela editora Brasiliense, na época o livro já se encontrava esgotado vitima de uma contaminação de vírus, na gráfica da Brasiliense que na época prestava serviços para o Senado na pré-história dos computadores em 1986~88.

Eu incomodei muito meu chefe pois incluía sempre o mochileiro nos pedidos. Frustrante, mesmo longe do ramo livreiro continuei a minha saga em busca do Mochileiro, vasculhei todos os sebos do estado (SC) nas minhas viagens de manutenção e nada, ainda não existia nem a internet no Brasil como conhecemos e quem dera a estante virtual.

Minha busca só iria cessar com o submarino, não o livro não tinha sido rê-editado como foi mais tarde pela Sextante, e muito menos pela Brasiliense, e sim nos comentários do livro esgotado, possivelmente por algum Nerd mor que mais ia deixar um livro esgotado no catalogo de uma livraria virtual?, e através deste mini-fórum dedicado me correspondi com uma fã do livro em SP e negociei um xerox do meu amado livro que tenho até hoje, obrigado Elisabete, felicidade via Sedex. Obviamente li a edição da Sextante posteriormente , mas para mim será sempre “Bulldozer amarelo" e não "trator”. Minha busca pelo livro mesmo só encerrou com um presente aos meus 42 anos (serio!), o livro original da editora Brasiliense via estante virtual, presente de minhas amadas filhas, Julianna e Marianna.

Aproveite a promo do submarino todos os 5 por R$39,90, muito mais barato que o meu xerox do primeiro via Sedex...

Joomla SEF URLs by Artio

GeraLinks - Agregador de links

Patrocinadores