PC frankenstein, voltando a vida com Puppy linux

PC frankenstein com Puppy Linux

Sabe quando, todos acham que você é o técnico em informática da família deve estar preparado para tudo. A minha ultima aventura foi trazer de volta a vida um note um Thinkpad Pentium 3 usando o Puppy Linux.

Com fabulosos 130,5 Mb de memória, tão pouco que só funcionaria com o Windowns 95/98 o que é uma temeridade em segurança e usabilidade.

Inicialmente testei com o Xubunto mas ele  rodou meio travado, mas estava utilizando em uma HD com o sistema que emprestado de uma outra maquina. Um Toshiba satélite.

Para melhorar o desempenho precisava de mais memoria as  pc100 sodimm. Depois de pesquisar muito no mercado livre e nas sucatas de loja de informática  em busca das tais memórias.  Acabei arrumando umas pc133 mas infelizmente o hardware incompatível e dava  “kernel panic!” A versão do linux para a “tela azul da morte”. Desisti de melhorar o hardware e  instalei a melhor opção para esta velharia, o PuppY linux.

Rodar o Live Cd era  impossível

Para instalar precisa um pouco de paciência já que os arquivos tem de ser copiados para dentro da HD primeiramente tive que copiar os arquivos  para dentro do HD. Para que esta acostumado com o  linux é mole, mas como não é o meu caso usei um Boot do freeDos para copiar os arquivos. Depois é só dar o boot com o Cd do PuppY e terminar a instalação. E para meu espanto ele demora menos para iniciar que meu Pc de mesa! E tem um monte de programas instalados, inclusive toca ate filmes no formato .rmvb que ficou com o som defasado mas os arquivos .avi tocam de boa e até em tela cheia!

Como esse note não tem placa de rede e nem wireless e  a placa Pcmcia é a segunda etapa do desafio seria  conectar na internet.

Mas ficou a gosto do cliente o projeto foi abortado. Uma boa opção para uma maquina tao defasada como esta é virar um emulador de jogos ou até um porta retratos digital .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *