Joyeux Noël, a trégua de natal de 1914

joyeux noel  Frohe Weihnachten, merry christmas,    Feliz Natal respectivamente em Frances, alemão e Inglês. a trégua de natal de 1914

99 100 anos o ser humano mostrou que pode ser capaz de perdoar e fazer a paz, mesmo que  seja por um dia ou dois, e contrariando a todas as ordens superiores.
Estou falando Sobre a trégua de Natal de 1914  lindamente adaptada para o cinema no filme Joyeux  Noël, (Feliz Natal) de 2005 que conta de maneira adaptada  muitos episódios que ficaram registrados a traves de cartas, diarios e relatos de quem a viveu a quase 100 anos. E por ser época de natal nada melhor para falar, assistir, ler e tentar entender este momento único na historia.

A guerra que tinha começado no verão com as forças do Império Alemão chegando próximo a Paris e sendo  repelidas  pelo exercito Francês e do império Britânico, sendo obrigado a recuar ate próximo a fronteira Belga, até que a frente se estagnou, já que nenhum conseguia sobrepujar o inimigo então nas tentativas de contornar pelos “flancos”  as trincheiras se expandiram em direção ao mar e a fronteira suíça, um impasse da tecnologia bélica que no futuro próximo seria o palco de desenvolvimentos das próximas armas de matar, os tanques, bombardeiros, submarinos e  gás venenoso.

O Filme tem três personagens chave: O padre escocês que quer levar conforto aos soldados que também vieram de sua paróquia, O tenente francês que teve sua esposa e filho por nascer separados pela guerra, E o tenor alemão.

Anna esposa do tenor que foi convocado para lutar como soldado raso, convence o príncipe herdeiro para um recital na véspera de Natal para os oficiais, mas o soldado-tenor Spinx, tem a oportunidade também de levar a sua musica para seus companheiros de combate, só que do outro lado, além da terra de ninguém, e a emoção o e espírito de natal leva todos a esse momento de coragem e de comunhão com o “inimigo”.

Tregua de Natal de 1914, Joyeux Noël, a trégua de natal de 1914

Muitos fatores acabaram levando a esse momento único, a guerra recente, e ainda “civilizada”. A proximidade das tropas e uma fronteira praticamente estática, em alguns lugares estavam a apenas 6 metros ou menos de distancia. Reservistas soldados mais maduros e menos sucessíveis a propaganda de guerra. O pedido de armistício do papa  Bento XV no dia 7 de dezembro, e que por uma diferença de calendário, já que a igreja ortodoxa adota o calendário gregoriano e o natal cai em dias diferentes, foi rejeitado.  O mesmo sentimento religioso. As mesmos fatores não se repetiriam  no próximos anos, A crescente violência dos combates  as vitimas civis como no afundamento do Lusitania, bem como a censura aos soldados e oficiais,  encerou definitivamente as tréguas de Natal.

Partidas de futebol, missas, fotos,  troca de presentes, cortes de cabelo, e serviço fúnebre:

“Meu avô, Marius Guilbert, (1894-1983), às vezes me falou de uma noite de Natal, durante a Primeira Guerra Mundial, durante o qual um soldado alemão deixou sua trincheira para cantar uma canção,
a que um soldado francês, que era um cantora de ópera, respondeu cantando “O Holy Night”.
Estou certo de que este evento teve um profundo impacto sobre ele e, estranhamente, esta história foi de grande importância durante a minha infância. “

Trecho Extrato do diário de guerra do meu avô. De Auguste Chantraine para Adolphe Courouble.
“No dia de Natal, um dos nossos homens foram para falar com um Huno entre as trincheiras. A conversa aconteceu assim: A cabeça acima da trincheira.
– (Huno) Olá, kamarate
– Olá
– (Hun) Você quer um charuto?

– Sim, jogue-o!
– Ele joga o pacote que aterra 2 metros curtos da trincheira francesa
– (Hun) Get it
– Sim, mas remover rifle no look-out e não atirar
– (Hun) Acordado (rifle removido)
– Herlem o soldado francês salta para fora da trincheira e pega os charutos
– Você quer chocolate?
– Ja
-Ele joga chocolate e uma lata de sardinhas para o Huno, que também saiu e vem em direção a ele, para apertar a mão dele, estendendo a mão esquerda, pronto ele nos disse mais tarde para nocauteá-lo com seu punho direito se ele tinha feito um movimento
– (Hun) Você está bem alimentado?
– Oh! Sim, a carne duas vezes por dia, duas vezes vinho
– (Hun) Oh! Vinho
– Os dois então prometeram não atirar até a noite, o que foi respeitado

Trechos do Livro Bullets & Billets by Bruce Bairnsfather, Grátis para ler
“Avistei um oficial alemão , uma espécie de Tenente, eu pensei em ser um pouco de um colecionador, sugeri a ele que eu tinha gostado de alguns de seus botões.

Nós dois , em seguida, dissemos coisa um para o outro que não entendemos e concordou em fazer um swap. Eu trouxe as minhas tesouras de arame e , com alguns recortes hábeis , tirou um par de seus botões e os colocou  no meu bolso. Eu, então, deu-lhe dois dos meus em troca.”

“De repente, um dos Boches correu de volta para sua trincheira e depois  reapareceu com uma grande câmera. Me coloquei em um grupo misto para várias fotografias, e  desde então gostaria de ter arrumado algum jeito para obter uma cópia. “

Tincheiras proximas a Armentières

Mapa do no mapa do Front de 1914  próximas a Armentières, com os locais de alguns eventos, imagem do livro Silent Night: The Story of the World War I Christmas Truce.

Gostou quer saber mais?

Tem também a associação Noel14 que esta tentando resgatar mais este momento histórico, já teve até partida de futebol comemorativa em 2004,  aqui um PDF em inglês com os planos para 2014, e que sabe marcar uma viajem para Neuville Saint Vaast?

http://www.greatwar.nl/frames/default-christmastruce.

http://www.nytimes.com/2005/12/25/weekinreview/25word.ready.html?pagewanted=all&_r=1&

Bullets & Billets by Bruce Bairnsfather, Grátis para ler

Livros que não achei por aqui só em inglês mas o Book Repository entrega de graça.

capas de livros, a trégua de natal de 1914

http://www.bookdepository.co.uk/Meeting-No-Mans-Land-Marc-Ferro/9781845295134

http://www.bookdepository.co.uk/Silent-Night-Stanley-Weintraub/9780684866222

http://www.bookdepository.co.uk/Truce%3A-Day-Soldiers-Stopped-Fighting-Jim-Murphy/9780545130493?b=-3&t=-20#Fulldescription-20

http://www.bookdepository.co.uk/Christmas-Truce-Malcolm-Brown/9780333620786

http://www.greatwar.nl/frames/default-christmastruce.html

http://warpoetry.co.uk/

PS. Para o acaso de você ser sequestrado por uma entidade extra-terrestre pronta a desintegrar esse planetinha miserável, eis o evento para convencer eles a voltar a traz e dar uma segunda chance a humanidade.

{loadposition user7}

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *