vídeo game, catarse

ps. o joystick e brincadeira

Em uma recente entrevista ao “The Times of India”, o monge Tibetano Ogyen Trinley Dorje o 17º Karmapa*, (não confundir com o Dalai Lama que pertence com uma outra corrente do budismo tibetano)

e por ter seu pais ocupado pela china na década de 50, vive “exilado” e por conseqüência muito mais próximo da civilização ocidental, discutiu sobre a catarse provocada pelo vídeo game:

“Para mim, às vezes pode ser um alívio, uma espécie de descompressão apenas para jogar alguns jogos de vídeo”, disse ele. “Se eu estou tendo alguns pensamentos negativos ou sentimentos negativos, os videogames são uma maneira em que eu possa liberar essa energia, no contexto da ilusão de jogo. Me sinto melhor depois.” **

Compartilho com ele este sentimento de alivio após um bom jogo, nada melhor para aliviar as negatividades do dia dia, de uma maneira condizente coma nossa realidade financeira urbana. Quem sou eu para discutir com um mestre budista Tibetano, religião esta que admiro há muitos anos que e conhecia traves dos livos do escritor Lobsang Rampa.

*Existe uma disputa para definir quem é o 17º Karmapa, e assim como o Dalai Lama, eles também são reencarnações reconhecidas de outros lideres espirituais, normalmente o antecessor deixa pistas de onde seu sucessor ira nascer. Ainda bem que nossos políticos não tem

desenvolvimento espiritual suficiente para isto, já pensou ACM 2?

Você pode entender mais sobre esse processo aqui.

** Tradutor do Google.

Via Joystiq

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *